sábado, 19 de maio de 2018

O poder sobrenatural dos Ebós

Existem uma quantidade incomensurável de Ebós (magias) confeccionadas pelos Yorubás.
Ha grandes poderes e mistérios envolvendo estes Ebós e grande parte destas magias são consagradas através de diversas e complexas formulas, inacessíveis aos curiosos.
Grande parte destas magias são inexplicáveis, deixando perplexo aos que vem pela primeira vez.
listarei algumas destas magias.



Ebo eferan efe - uma especie de perfume utilizada para atrair de volta o homem ou a mulher amada(o)

Ebo iyami nile - utilizado para despejar alguém da casa.

Ebo eyonu aiye - utilizado para atrair a simpatia de alguém.

Amudo - Preparado magico, em um anel ou pedaço de tecido que tem a propriedade de encantar uma mulher.

Ero - preparado medicinal para acalmar uma pessoa.

Itaja - sabão preparado para ser utilizado em lojas para aumentar as vendas.

Awebidamu - preparado magico para retirar negatividade de uma pessoa.

Awure ose - sabão preparado para atrair boa sorte.

Isuju - magia poderosa para tornar uma pessoa invisível.

Eyonu - magia utilizada para livrar-se dos inimigos.

Oruka anewo - anel preparado para pessoas briguentas, quem usa o anel tem mais vontade de brigar, a pessoa que for agredida com o anel cairá e não terá mais condições de ficar em pé.

Apota - preparado magico para se proteger do ataque inimigo.

Ogun aleko - potente solutivo masculino sexual.

Ajidewe ou Sagbadewe - rejuvenescedor potente.

Lofinda - Perfume preparado capaz de encantar quem o usa possuindo poderes afrodisíacos.

Ogun isora - preparado injetado no corpo através de incisões feitas na cabeça para fechamento de corpo.

Amuale - magia para afastar ladrões de casas.

Madarikan - magia utilizada para proteção contra muitos inimigos, um preparado e inserido no corpo do protegido através de incisões na cabeça.

Sobiya - magia realizada em terras para evitar que determina pessoa pise naquele terreno, se a pessoa entrar no terreno os pés começarão a inchar levando a pessoa a grave problemas de saúde.

Kanako - Magia que diminui a distancia a ser percorrida, torna o caminho mais curto.

Oju wiwe - poção magica para se lavar os olhos , através desta lavagem a pessoa passa a enxergar longe, ver coisas que os demais não conseguem ver .

Ayeta - fechamento de corpo contra arma de fogo.

Okigbe - fechamento de corpo contra armas brancas.

Gbetugbetu - pequenas bolinhas preparadas e colocadas na boca, ativadas por palavras ou pensamento, A pessoa sob o encantamento de Gbetugbetu, perde totalmente a consciência deixando de saber oque esta fazendo e sendo controlada pelo encantador.

Afunje / Iferan ife - veneno do amor

Ipara - preparado com óleo mineral e diversas outras substancias , usada no corpo para atrair coisas boas.


Claro que aqui não será lugar de aprender  como fazer estes grandes Orós, mas saber que existem estes e muitos outros já é um grande passo.

sábado, 14 de abril de 2018

Òrìsàs Meta -meta.





A primeiro passo para começar a entender sobre mẹta mẹta é definirmos o seu significado segundo as tradições.
Primeira tradição e linha de raciocínio:
Se formos buscar a tradução RTY mẹta mẹta quer dizer , três, ou mais ao pé da letra, três três.
Seguindo esta linha , òrìsàs Mẹta mẹta = òrìsàs três. Mas oque são òrìsàs 3?
Orixás como logunedé são mẹta, onde 1+1=3.
Logunedé na maioria dos itáns é filho de Oxum e Odé, a qual herda todos as qualidades, boas e ruins dos dois , mas ainda conta com as suas próprias.
Logunedé é meio Odé meio Oxum, isso não significa que ele é meio homem meio mulher. Logunedé é um orixá masculino, aboro, homem. Mas que tem as qualidades de Oxum e Odé e ainda conta com as suas próprias.
Ele é Oxum , ele é Odé e ele é ele mesmo, 1+1=3.
Logun Edé nós traz um Orí Mèta = cabeça divividida em três.
Ologunedé é chamado de orixá Mèta porque o próprio nome já fala tudo. Ter um orí de logun não pode cuidar apenas de logun, tem que cuidar de oxum e oxossi, ou seja o orixá já correga com ele mais dois orixás, fazendo ele ser Mèta que significa 3. Pensando assim se você já cuida no seu orí de logun, oxum e oxossi; colocar oxum ou oxossi como juntó vai tornar as energias desequilibradas, logun é orixá de fundamentos raros e minuciosos. E comum ter Oyá de juntó que vem para acalmar as energias. No culto a Logun Edé é mais comum se ver juntó Oyá, mas já vi pessoas com juntó oxalá, Iemonjá que são orixás que de qualquer forma já dominam orí desde o nascimento.
Segunda linha de tradição e raciocínio:
Aínda podemos seguir pela linha dos 4 elementais. Terra, fogo, ar e terra.
Cada orixá tem seu domínio sobre um elemental.
Ex: Xangô orixá do fogo, Ọya orixá da água, Oxala orixá do ar, Obaluaê orixá da terra, etc...
Mas existem alguns orixás que estão sobre 3 domínios.
Ex: Logunedé orixá da terra,
Fogo e da água,
Oxumarê orixá do fogo, terra e do ar, etc...
Ou seja orixás Mẹta (3).

Terceira linha de tradição e raciocínio:
Na diáspora mẹta meta foi transformado em metade , meio a meio.
E transforma orixás como Logunedé e Oxumarê como orixás que transitam entre o masculino e feminino, sendo parte do tempo homem e parte do tempo mulher.
Explicado as linhas , cada um de nós segue segundo sua tradição.
Orixás Mẹta mẹta podem ou não ser Juntó?
Se a escola de pensamento a ser seguida for a primeira ou segunda linha acima, orixás Mẹta mẹta dificilmente apareceram como juntó, pois ter 3 elementos no juntó daria um orí terrivelmente insano.
Orixás Mẹta mẹta podem vir no caminho de filhos de qualquer outro orixá , mas como juntó e quase impossível.
Na terceira escola não posso opinar pois desconheço maiores fundamentos desta.
Mas conheço pessoas adeptas desta tradição que também implicam dificuldades de termos orixás Mẹta mẹta como juntó.